Buscar
  • Mari Hütner

CRIAÇÃO INDOOR - Segurança e Responsabilidade

Atualizado: 6 de Ago de 2019



A CRIAÇÃO INDOOR consiste em manter o seu gatinho dentro dos limites da sua residência, seja ela apartamento ou casa! Telar as janelas e garantir que as portas estejam sempre fechadas é a única maneira de assegurar a integridade física dos seus gatos. Por que? Porque na rua eles estão expostos à doenças contagiosas, como a esporotricose, FIV, FeLV, PIF (entre tantas outras), há risco de atropelamento, ataque de cães, brigas com outros gatos, maus tratos e envenenamento - infelizmente riscos que temos que considerar.


Telar janelas garante a segurança do seu gato, seja em casa ou apartamento. Em apartamentos parece que nem se precisaria falar, certo? Mas precisa. Ainda existem tutores que subestimam a capacidade do seu gato de escalar uma janela ou sacada mais alta ou passar por uma fresta na janela. Basta que aconteça uma vez. Já em casa, basta uma pequena distração para que seu gato esteja fora dos limites de casa, exposto a todos esses riscos nas ruas. Sem contar que ninguém consegue viver com a casa toda fechada para sempre, não é mesmo?


ONGs e protetores que fazem um trabalho sério têm nas suas condições/termo de doação a cláusula de somente doar gatos para residências seguras, onde o animal não estará exposto aos riscos que mencionei. Um trabalho de resgate e proteção animal responsável deve sempre cumprir com essa obrigação de oferecer um lar seguro, da mesma forma que se faz com a esterilização (castração) dos animais - e ninguém acha ruim.


E para habituar o gatinho que está acostumado a dar essas voltinhas a permanecer somente dentro de casa? Como fazer com que ele seja feliz com essa restrição de espaço? O segredo é ENRIQUECIMENTO AMBIENTAL (de novo, Mari?! De novo! E sempre sempre sempre)

Enriquecer o ambiente significa pensar - além das necessidades básicas do seu gato - em como promover bem estar com atividades que saiam da rotina e gastem essa energia contida (aquela energia que faz ele derrubar a casa de madrugada ou miar como se não houvesse amanhã).




Pensando pelo básico do Enriquecimento Ambiental: verticalização com prateleiras, arranhadores, brinquedos, plantinhas seguras (grama para gatos, catnip). Avançando um pouquinho? Elementos externos: vasos com plantas arbóreas que sirvam como um arranhador natural; setorização do alimento e água, criando estações separadas em casa (deveria fazer parte do básico, mas ainda não é de conhecimento geral); estimular brincadeiras de caça e busca por alimento (algo que seu gato faria no ambiente externo); feromonioterapia, aromaterapia, estímulos visuais, sensoriais, aaaah quanta coisa podemos fazer!


Ah! E criar o gatinho exclusivamente dentro de casa também fortalece o vínculo com o tutor! Seu gato fica mais companheiro e amável!


É necessário abolir a ideia de que manter nossos gatos “presos” dentro de casa é estressante para eles. Estressante é viver sem estímulos dentro de casa ou estar exposto a tantas coisas ruins que podem acontecer com ele na rua. Precisamos assumir nossa responsabilidade como tutores e manter nossos gatos seguros! Ao ponderar os prós e contras da criação indoor, tenho certeza que o saldo será positivo para o bem estar dos nossos gatos!

24 visualizações

© 2019 por Mari Hütner